Sep 20, 2017 Last Updated 5:00 PM, Sep 19, 2017
Poder

Poder (217)

Avalie este item
(0 votos)

Durante a assembleia, ficou decidido que a eleição não seria realizada por conta do baixo número de servidores presentes. Ideia é ampliar a divulgação até a próxima data

Dilceia Norberto

ELEIÇÃO O Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe / Itaguaí) adiou, por falta de quórum, a eleição dos representantes do Conselho de Alimentação Escolar (CAE). A decisão foi tomada durante a assembleia da categoria realizada na tarde ontem (5), no plenário da Câmara Municipal de Itaguaí (CMI).

Avalie este item
(0 votos)

AGORA É LEI Para evitar o acúmulo de água parada, que pode servir de criadouro para o mosquito Aedes aegypti, os tubos que sustentam as placas de sinalização nas ruas deverão ser vedados na parte superior. É o que determina a Lei 7.609/17, de autoria do deputado Wanderson Nogueira (Psol), sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão e publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (31).

Avalie este item
(0 votos)

NOVAS SERVIDORAS O prefeito de Mangaratiba, Aarão de Moura Brito Neto, dedicou parte de sua agenda nesta quarta-feira (31) à acolhida de duas novas profissionais que passam a integrar o corpo docente da Secretaria Municipal de Educação. Ele recebeu em seu gabinete as professoras Jaqueline Vânia de Oliveira Conceição e Natália Pimenta da Silva, às quais entregou pessoalmente os respectivos títulos de posse. Com isso, ambas passam a fazer parte do quadro de servidores efetivos da Prefeitura de Mangaratiba no cargo de Professora II. 

Avalie este item
(1 Votar)

FALTA Em meio à prestação de contas da Saúde, o vereador Ivanzinho (PSB) levantou a questão da falta de medicamentos controlados, que junto com a ausência de professores mediadores nas escolas está causando graves transtornos. Famílias estão com seus filhos deficientes em casa, sem poder leva-los à escola e estão sofrendo com a alteração no comportamento dos jovens por falta de medicamentos.

Avalie este item
(0 votos)

APROVADO Após a intensa discussão sobre a atenção que os parlamentares dão ao não à saúde municipal, os vereadores entraram em outro debate. Desta vez, o debate da sessão ordinária do dia 30 transcorreu em torno da votação do parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) sobre o processo de lei que dispõe sobre a instalação de fraldário para uso de pessoas com deficiência e incontinência, de autoria do vereador Willian Cezar (PSB).

Avalie este item
(0 votos)

Secretário Carlos Graça acredita que greve dificulta a atenção básica, mas servidores discordam

Dilceia Norberto

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

INDICADORES Com o salão nobre da Câmara Municipal de Itaguaí relativamente cheio – cerca de 60 pessoas – a Secretaria de Saúde apresentou suas contas para o primeiro quadrimestre de 2017. Estavam presentes munícipes, servidores e técnicos, além dos vereadores Gil Torres (PTN) (membro da comissão de saúde), Ivanzinho (PSB), André Amorim (PR) e o presidente da Casa, Dr. Rubem Ribeiro (PTN). O secretário de Saúde, Carlos Graça também estava na audiência e interagiu com o público e aproveitou para falar de sua experiência como gestor público num momento de catarse, como ele mesmo afirmou.

Avalie este item
(0 votos)

DECISÃO O ex-prefeito de Mangaratiba, Ruy Quintanilha, conhecido como Dr. Ruy, e o vereador Anderson Quadros foram condenados pela Justiça Eleitoral e ficarão inelegíveis por oito anos. A decisão do juiz Marcelo Borges Barbosa, da 54ª Zona Eleitoral, foi divulgada na quinta-feira (24), no site do Tribunal Superior Eleitoral.

Avalie este item
(0 votos)

Funcionalismo de Itaguaí aponta que governo Charlinho sempre descumpre determinações judiciais

Avalie este item
(0 votos)

REGULAMENTAÇÃO A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) votou ontem, em segunda discussão, o projeto de lei 1.874/16, do deputado Waldeck Carneiro (PT), que regulamenta o funcionamento de abrigos destinados a idosos.

Avalie este item
(0 votos)

ENCRENCADO A instabilidade política que atormenta brasileiros nos mais de 5,5 mil municípios do país, por conta das reiteradas denúncias de ilegalidades cometidas por políticos, e que essa semana chegou a um ponto máximo de ebulição, atingindo até o presidente da República, continua como uma preocupante realidade a mais em Itaguaí.