Apr 23, 2017 Last Updated 3:00 AM, Apr 20, 2017

Alunos de Mangaratiba celebram o Dia Nacional da Botânica

Alunos da Escola Municipal Diogo Martins participaram de uma palestra sobre preservação ambiental  Alunos da Escola Municipal Diogo Martins participaram de uma palestra sobre preservação ambiental  FOTO J. ALVES BAHIA/PMM
Publicado em Cotidiano
Ler 504 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Marcado sob

Evento foi promovido pela Diretoria Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente para estudantes do 5º ano

PRESERVAÇÃO AMBIENTAL Alunos do 5º ano da Escola Municipal Diogo Martins participaram de um evento promovido pela Diretoria de Educação Ambiental, da Secretaria de Meio Ambiente de Mangaratiba, em comemoração ao Dia Nacional da Botânica, celebrado nesta segunda (17). O objetivo da ação foi conscientizar as crianças sobre a importância da preservação ambiental e florestal e também apresentar as funções do Botânico e a contribuição desta ciência para a preservação das espécies.

Logo após a palestra, a diretora de Educação Ambiental, Fabiana da Silva entregou aos alunos uma caneta de material reciclável e um cartão semente, que facilita o processo de plantio da muda. Ambos foram contribuições da empresa Embrapa Agrobiologia para o projeto. Sementes de aroeira também foram distribuídas para os estudantes com intuito de incentivar o reflorestamento.

A aluna Giovana Ramos participou da atividade. “Adorei esse evento. Gosto muito do meio ambiente e tudo que ele envolve. O cartão semente foi uma novidade muito interessante. Irei plantar assim que chegar em casa”.

 

DIA NACIONAL DA BOTÂNICA

No dia 17 de abril é comemorado o Dia Nacional da Botânica. A data foi instituída pelo Decreto de Lei nº 1.147, de 24 de maio de 1994, em homenagem às comemorações dos 200 anos do nascimento do naturalista alemão Carl Friedrich Philipp von Martius.

Martius (1794-1868), um dos naturalistas mais famosos do século XIX, chegou ao Brasil em 1817 na comitiva da imperatriz Leopoldina, mulher de Dom Pedro I, e após três anos de expedições pelo Brasil coletou milhares de espécies da flora brasileira, as quais posteriormente foram catalogadas e descritas na Obra Flora brasiliensis, produzida na Alemanha entre 1840 e 1906, pelos editores Carl Friedrich Philipp von Martius, August Wilhelm Eichler e Ignatz Urban, com a participação de 65 especialistas de vários países.

Pela passagem da data, a Sociedade Botânica do Brasil congratula a todos os mestres e discípulos botânicos que, assim como Martius, dedicaram e continuam dedicando a vida à nossa Scientia Amabilis, especialmente para o conhecimento da flora brasileira.