Loading...
Aug 14, 2018 Last Updated 3:01 PM, Aug 13, 2018

Ilha da Marambaia recebe mutirão de cidadania

CERCA DE 171 famílias foram atendidas no mutirão realizado na Escola Municipal Levy Miranda CERCA DE 171 famílias foram atendidas no mutirão realizado na Escola Municipal Levy Miranda FOTO BÁRBARA COSTA/PMM
Publicado em Cotidiano
Ler 197 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Profissionais da Prefeitura de Mangaratiba realizaram diversas ações na quarta-feira (8) na Ilha

AÇÃO SOCIAL Um mutirão para realizar ações em benefícios da comunidade da Marambaia, que conta com 373 moradores, divididos em 171 famílias. Essa foi a finalidade dos profissionais das secretarias de Obras, Assistência Social e Direitos Humanos; Ciência e Tecnologia; Agricultura e Pesca e Educação  de Mangaratiba em visita à Ilha da Marambaia, na quarta-feira (8). A ação também contou com a presença dos secretários Adalberto Basílio (Agricultura), Hugo Graçano (Tecnologia), Caroline Faria (Assistência Social) e dos vereadores Emilson Coelho e Cecília Cabral.

A visita teve como objetivo atender ao pedido do presidente da Associação dos Quilombolas e da Comunidade da Ilha da Marambaia, Fábio Alves Marçal, que detalhou a necessidade de uma atenção especial à comunidade há muito tempo esquecida pelas autoridades. O pedido foi feito por intermédio da diretora de Pesca, Michele Costa, que realiza um trabalho de cadastramento dos pescadores. Durante o mutirão, Michele entregou as Carteiras Municipais dos Pescadores Profissionais Artesanais. Outra ação da pasta foi um levantamento para implementação de uma horta na Escola Municipal Levy Miranda.

A Secretaria de Assistência Social realizou o cadastramento dos moradores, inclusos no CadÚnico, na Seja Digital - entidade responsável pelo processo de migração do sinal de TV no Brasil, para que eles possam receber um kit de conversores e antenas, já que o desligamento do sinal analógico de TV acontece em novembro. Os kits serão entregues na próxima semana. Outra ação foi um dia de Beleza com direito a manicure e cabeleireiro, além de recreadores para as crianças.

Dois engenheiros da Secretaria de Obras ficaram responsáveis por realizar um levantamento sobre as necessidades de manutenção na escola e calçamento de trechos críticos nas trilhas. O ponto principal foi a questão do saneamento básico. Uma representante da Educação fez um relatório apontando as principais questões, como merenda escolar e transporte para os alunos, já que muitos caminham por mais de uma hora para chegar à escola.

Funcionários da Tecnologia realizaram manutenção e recuperação na sala de informática da escola e revitalizaram o Teleinfo da Ilha – onde um único computador funcionava, e agora conta com cinco máquinas com internet – atendendo a toda comunidade.