Loading...
Jul 19, 2018 Last Updated 12:59 PM, Jul 18, 2018

Gilberto analisa pausa da Copa como positiva para o Flu

GILBERTO DURANTE o treinamento para o retorno do time aos gramados após a Copa do Mundo GILBERTO DURANTE o treinamento para o retorno do time aos gramados após a Copa do Mundo FOTO LUCAS MERÇON/ FFC
Publicado em Esporte
Ler 109 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Lateral destacou tempo para recuperação de atletas que estavam lesionados

ATIVIDADES A manhã foi de chuva e muito treino no CTPA. O elenco Tricolor trabalhou forte nesta terça-feira (10) sob o comando do técnico Marcelo Oliveira, que com o grupo praticamente completo à disposição, comandou atividades físicas e técnicas, antes de colocar os atletas para um trabalho tático, testando opções para o retorno do time aos gramados após a Copa do Mundo. O lateral Gilberto falou em coletiva de imprensa sobre a chegada do novo comandante Tricolor.

“Não gosto muito de comparar treinadores. O Abel foi muito bom para a gente, ajudou bastante. O Marcelo é um treinador de muita qualidade, todos o conhecem. O começo de trabalho tem sido muito bom, pegado, muito intenso e isso serve para a gente melhorar cada vez mais e fazer um bom retorno”, explicou o atleta, comentando o estilo de jogo do treinador. “A diferença é que o Abel jogava num esquema e o Marcelo, naturalmente, joga no esquema que ele gosta. Estamos trabalhando com uma linha de quatro e vamos seguir assim até o treinador encontrar o melhor esquema. Com três zagueiros, libera mais os laterais numa função mais defensiva, porém, temos que ajudar na frente também. Sempre trabalhei assim na minha carreira, não muda muito, só ter mais atenção na defesa”, disse.

Gilberto também analisou a pausa para a Copa do Mundo como positiva, pois ajudou na recuperação de atletas que estavam lesionados. “O calendário brasileiro é muito complicado. Por mim, poderia teria uma pausa dessas por temporada, pois perdemos jogadores por lesão, mas agora tivemos tempo para recuperar. Vamos voltar com tranquilidade, mais forte, para recuperar os pontos perdidos”, destacou o lateral, avaliando ainda o nível dos jogos da competição mundial. “Assistindo a Copa do Mundo, aprendemos muito. Vemos jogadores consagrados, experientes, que se dedicam muito na marcação. Poucos times estão arriscando, vemos muitos times marcando com todos os jogadores atrás da linha da bola, uma surpresa para mim. O futebol está bem difícil, de muito contato físico. A marcação e a entrega foram os diferenciais para mim”, concluiu Gilberto. (Fonte: site oficial do clube).