May 25, 2017 Last Updated 3:00 AM, May 25, 2017

Processo seletivo agita a cidade de Itaguaí

 Fila quilométrica se forma no entorno da Secretaria Municipal de Educação de Itaguaí, devido a processo seletivo Fila quilométrica se forma no entorno da Secretaria Municipal de Educação de Itaguaí, devido a processo seletivo FOTO CLEITON BEZERRA
Publicado em Video
Ler 4522 vezes
Avalie este item
(2 votos)
Marcado sob

Candidatos afirmam que primeiros da fila chegaram ontem por volta de 5h da manhã

 

CLEITON BEZERRA
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

EMPREGO Filas dando a volta no quarteirão, muito sol e longa espera. Este foi o cenário encontrado na manhã de hoje (7), em frente à Secretaria Municipal de Educação de Itaguaí. Desempregados de locais como Bangu, Mangaratiba, Belford Roxo, Nova Iguaçu, além, claro, de candidatos da cidade de Itaguaí buscavam oportunidades. Segundo os candidatos, a fila começou a se formar ontem (6) após o encerramento do expediente da Secretária. Aparentemente, a fila contava com mais de cinco mil pessoas.

De acordo com os candidatos presentes na fila, foram distribuídas duas senhas, uma oficial que começou a ser entregue pela manhã e outra não oficial que foi organizada e entregue pelos próprios candidatos. Segundo eles, a senha não oficial foi fundamental para que não houvesse brigas e maiores problemas no início da formação da fila.

CANDIDATOS

Medaldo Moraes, de 57 anos, é morador de Bangu e concorre para a vaga de inspetor de alunos. “Eu cheguei aqui às 23hs de ontem. Ouvi falar que os primeiros chegaram ontem às 5h da manhã. Eu nunca vi tanta gente junta assim procurando emprego em um mesmo lugar, isso é novidade pra mim, mas espero que eu consiga uma vaga”, afirma o candidato.

Outro candidato é Renato Neres da Silva, de 53 anos, que concorre à vaga de auxiliar de serviços gerais e é morador de Itaguaí. “A minha profissão mesmo é motorista, mas estou a mais de um ano desempregado. Acho que a organização aqui não está sendo boa, se não fossem os candidatos mesmo organizando a fila, escrevendo no caderno, já tinha virado bagunça. Até meia noite já tinha chegado mil e poucas pessoas, meu número era 698”, conta Renato, que chegou às 22hs de ontem.

Já Atemira Inocêncio, de 67 anos, era inspetora de alunos na última gestão da prefeitura, o contrato foi encerrado em dezembro e até hoje ela está procurando emprego. “Eu era lotada aqui em Itaguaí desde 2005, como inspetora, e estou participando do processo seletivo para me encaixar novamente”, ressalta a candidata, que estava na fila desde às 6h da manhã.

A jovem Gabrielle Carreteiro, de 21 anos, é formada como professora da educação infantil ao quinto ano, trabalhava com auxiliar de logística, mas foi demitida no fim do ano passado. “Eu não imaginei que a procura seria tão grande, mas continuo tendo fé e uma hora a oportunidade vai chegar”, disse a jovem candidata, que é moradora chegou à fila por volta de 5h de hoje.

CADASTRAMENTO PARALELO

Durante a espera para a chamada dos candidatos, que receberam senhas e depois foram atendidos pela Secretaria Municipal de Educação de Itaguaí, pessoas sem vínculo com a prefeitura passaram cadastrando alguns dos desempregados que esperavam na fila. O ATUAL não conseguiu informações em relação à qual instituição era a responsabilidade por este cadastramento, mas os candidatos informaram que este cadastramento não tinha a ver com o processo seletivo da prefeitura.

QUEIXA

Alguns candidatos na fila, que eram contratados e que tiveram seus vínculos encerrados no fim do ano passado, reclamam que foram recadastrados, após o fim do contrato, porém não foram contemplados para as vagas ociosas atuais, tendo que participar do atual processo seletivo da educação novamente. Elas se queixam também de que ainda não receberam os salários de novembro e dezembro do ano passado.

 

 

Multidão busca emprego na Secretaria Municipal de Educação de Itaguaí
Última modificação em Quarta, 08 Março 2017 07:36