Loading...
May 21, 2018 Last Updated 1:48 PM, May 18, 2018

No encalço dos acusados do assassinato de Brenda

OS TRÊS procurados pela Polícia Civil são os principais suspeitos de participação na morte da menina OS TRÊS procurados pela Polícia Civil são os principais suspeitos de participação na morte da menina FOTO REPRODUÇÃO
Publicado em Polícia
Ler 497 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Disque Denúncia pede informações sobre três elementos acusados de envolvimento na morte de menina em Mangaratiba

 PROCURA O Portal dos Procurados divulgou ontem um cartaz com o propósito de ajudar os agentes da 165ª DP (Mangaratiba) com informações que levem às prisões de Lucas Honório dos Reis, o LC, de 23 anos; Vitor Aguiar de Araújo, o Pit Bull, de 37; e Ricardo dos Santos, de 25, os principais suspeitos de participação na morte da menina Brenda Valentim Alves de Oliveira, de 3 anos, atingida por um tiro na cabeça, no dia 31 de março, no distrito de Conceição de Jacareí, em Mangaratiba.

Na avaliação da Polícia Civil (PC), o trio já é considerado foragido da Justiça por estar em paradeiro não conhecido. Os três são acusados de participação no assassinato de Brenda, e foram identificados, tendo as prisões preventivas decretadas pela Justiça. O quarto envolvido no crime é Eliandro Oliveira Vieira, de 27 anos, o Chuck, ex-cunhado de Maxuel de Oliveira Neves, pai de Brenda, e foi um dos responsáveis pela morte da criança, de acordo com as investigações. Ele e foi preso em flagrante, por outro crime, no dia 5 de maio, por policiais do 33º BPM (Angra dos Reis). Para a Polícia, não há dúvida de que os quatro participaram do crime.

Os quatro acusados responderão por homicídio qualificado, praticado por vingança ou motivo torpe. Caso sejam condenados, estarão sujeitos a uma pena de até 30 anos de prisão. LC e Ricardo, além da morte da criança, vão responder pelo crime de sequestro. A PC pede que qualquer informação a respeito da localização dos acusados deve ser denunciada pelos canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular - Disque Denúncia RJ. O anonimato é garantido. Todas as informações serão direcionadas para 165ª DP, que ficou encarregada das investigações e do inquérito criminal.

 Morte no banco de trás do carro

As investigações levaram a OS a constatar que no dia da morte da menina, atendendo a uma ordem de Pit Bull, chefe do tráfico de uma localidade do distrito de Conceição de Jacareí, os outros envolvidos dispararam tiros contra o carro dirigido por Maxuel, quando ele saía de uma garagem. Ele ainda conseguiu acelerar o carro, mas uma das balas perfurou o porta-malas e atingiu a cabeça da criança, que estava ao lado de uma irmã de três meses no banco traseiro.

Depois de ferida, Brenda foi socorrida na Unidade de Pronto-Atendimento de Mangaratiba e, em seguida, removida para o Hospital Pedro II, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, mas não resistiu ao ferimento. Segundo as investigações, Lucas e Ricardo foram apontados como sendo os dois envolvidos diretamente no ataque contra o pai de Brenda. Elas revelam ainda que LC foi o autor dos disparos que acertaram o carro e atingiram a criança.