Apr 27, 2017 Last Updated 3:00 AM, Apr 27, 2017

Sessão deixa claro a divisão entre vereadores de Itaguaí

Publicado em Video
Ler 2042 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Dilceia Norberto

EMBATE Mais uma sessão ordinária cheia e longa. Com a plateia cheia de servidores municipais, os 16 vereadores da Câmara de Itaguaí realizaram a segunda sessão do ano. Com ausência apenas do vereador Minoro Fukamati (PSD), os parlamentares deixaram claro o embate entre aqueles que representam a base de apoio do governo e aqueles que estão do outro lado. O ponto alto da assembleia desta terça-feira (21) foi a questão do projeto de lei 3.480/2017, de autoria do vereador Waldemar Ávila (PHS) e André Amorim (PR), que trata do fornecimento de transportes para universitários da cidade.

A câmara também derrubou o veto de duas leis, de autoria do vereador Willian Cezar, que beneficiam o servidor municipal. O prefeito Charlinho havia vetado as leis. Uma dispõe sobre a prioridade para pagamento dos servidores e a segunda lei, dispõe sobre a anistia aos servidores municipais em greve e ou realizaram movimento reivindicatórios em virtude do atraso ou falta de pagamento.

A sessão teve muitos momentos em que a plateia se manifestou em respostas às posições adotadas pelos parlamentares. Pelo que se tem visto, e pelo menos por enquanto, a base de apoio ao governo está perdendo feio nos embates da plenária.

ASSISTA O VÍDEO
(Vereador Willian Cesar rebate o vereador Noel da SOS sobre a Lei que institui o transporte gratuito para universitários)

Servidores de Itaguaí colocam o bloco na rua contra o governo Charlinho
Última modificação em Quinta, 23 Fevereiro 2017 13:23