Loading...
Aug 21, 2018 Last Updated 1:50 PM, Aug 21, 2018

Suspeito de associação ao tráfico é preso no Sem Terra em Itaguaí

Na mochila do suspeito foi encontrado farto material entorpecente e de endolação Na mochila do suspeito foi encontrado farto material entorpecente e de endolação FOTO DIVULGAÇÃO/PMERJ
Publicado em Polícia
Ler 1398 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Ao perceber a presença da viatura o homem teria tentado fugir do local, porém mais a frente teria sido alcançado pelos agentes

COMBATE AO TRÁFICO Responsável pela distribuição de entorpecentes no Sem Terra, segundo a PM, é preso na tarde de sábado (7), em Itaguaí. Policiais militares da 5ª Cia/Itaguaí, do 24º BPM (Queimados) realizavam uma ação, que teria o objetivo de coibir o tráfico de entorpecentes, roubos de veículos, de rua e demais ilícitos.

Segundo os policiais, durante o desenvolvimento da ação, um suspeito foi avistado com uma mochila próximo a linha férrea em atitude suspeita. Ao perceber a presença da viatura o homem teria tentado fugir do local, porém mais a frente teria sido alcançado pelos agentes.

De acordo com os PMs foi realizada uma revista pessoal e na mochila do suspeito foi encontrado farto material entorpecente e de endolação. Ao interroga-lo os agentes afirmam que ele teria informado de que faz parte do tráfico de drogas local. A guarnição teria realizado, também, uma varredura em um terreno baldio próximo, onde foram encontradas peças de veículos sem nota fiscal.

Por fim guarnição se deslocou à 50ª DP (Itaguaí), de onde foram encaminhados à 52ª DP (Nova Iguaçu), central de flagrantes, para registro e medidas de praxe. Foram apreendidos 152 pinos de pó branco; 26 tabletes de erva seca prensada; dois rádios transmissores cinco bases de carregadores de rádio; 500 envolocros de plástico para endolação; 1500 embalagens plásticas para endolação; três peças de carro roubado, sendo duas lanternas e um farol; e, por fim, um bloqueador de sinal de GPS.

Os policiais destacam que o acusado trata-se do responsável geral pela distribuição de entorpecentes na localidade do Sem Terra, sendo conhecido pelo vulgo de Pará, e que o mesmo tem em seu desfavor cinco passagens. Sendo três por tráfico de drogas e dois por porte ilegal de arma. Os PMs afirmam também que um mandado de prisão do suspeito encontrava-se aberto e fora emitido pela Vara Criminal da comarca de Itaguaí.