Loading...
Apr 22, 2018 Last Updated 4:35 PM, Apr 20, 2018

Conquista épica para o Botafogo

Os jogadores comemoram junto com a torcida o título do Campeonato Carioca 2018, General Severiano Os jogadores comemoram junto com a torcida o título do Campeonato Carioca 2018, General Severiano FOTO VITOR SILVA/BOTAFOGO
Publicado em Esporte
Ler 144 vezes
Avalie este item
(0 votos)

De forma incrível, Botafogo faz gol no último lance e leva título nos pênaltis

CAMPEÃO CARIOCA A doação que se vê em campo, a entrega para superar limites e a determinação até o fim são marcas do Botafogo campeão carioca de 2018. A união pôde ser vista até na hora da entrevista do técnico Alberto Valentim. Quer dizer, não houve coletiva do treinador. Houve uma grande festa na sala de imprensa.

Quando Alberto Valentim se preparava para falar, foi surpreendido pela invasão dos jogadores e pelo banho que levou. No pronunciamento, o treinador fez questão de homenagear o volante João Paulo, presente no estádio mesmo sem condições de jogo, por ter fraturado dois ossos da perna. “Algumas coisas falei pra eles e fui o mais sincero possível. Que a gente precisava de todos os jogadores. Hoje jogaram jogadores que não tinha jogado ainda comigo. Ou por lesão, ou escolha técnica. Falando em lesão, perdemos nosso capitão, um cara espetacular (João Paulo). Fizemos um pacto que o João faria esse sacrifício para estar aqui” afirmou Valentim.

Exaltado pelos companheiros, João Paulo também destacou a importância do título. “Assim eu choro. Só quero agradecer a todos vocês. Quem estava lá em cima, de fora, deu para ver sangue nos olhos do inicio ao fim. Muito orgulho de fazer parte desse time”, exaltou o volante.

Capitão e autor do gol decisivo no tempo normal, Joel Carli valorizou o trabalho. “Estamos comemorando porque merecemos. O Botafogo é um time que está fazendo as coisas certas, trabalhando bem desde a diretoria até a rouparia. Pelo caminho correto os resultados chegam. Foi muito difícil, mas merecíamos um título, e hoje todo o Botafogo está de parabéns”, frisou.

COMEMORAÇÃO SEM FIM

A prévia foi no treino da véspera da decisão: mais de três mil torcedores no Estádio Nilton Santos fazendo uma linda festa e incentivando o time. No grande jogo, a torcida lotou sua parte, jogou junto e foi uma energia a mais no título carioca do Botafogo sobre o Vasco nos pênaltis. O êxtase veio na comemoração, quando novamente jogadores e alvinegros se uniram, desta vez em General Severiano, para festejar.

No Maracanã houve festa, volta olímpica, entrega de medalhas, troféu e emoção. Mas foi em General Severiano, sede histórica do clube, que a celebração se estendeu. O tradicional palco de comemorações de títulos recebeu mais de dois mil botafoguenses, que cantaram, vestiram a estátua do Manequinho e chegaram até a fechar a rua. (Fonte: site oficial do clube).

Última modificação em Terça, 10 Abril 2018 11:12