Loading...
Apr 25, 2018 Last Updated 3:05 PM, Apr 25, 2018

Orquestra Jovem de Itaguaí recebe doações do Rotary Club em solenidade

O professor e coordenador da Orji, Adriano Souza, agradeceu a doação feita pelo Distrito 4570 O professor e coordenador da Orji, Adriano Souza, agradeceu a doação feita pelo Distrito 4570 FOTOS CLEITON BEZERRA
Publicado em Cotidiano
Ler 1142 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Graças à doação de violinos e uniformes o projeto desenvolvido pelo professor Adriano Souza poderá ser executado em outros polos

SOLENIDADE- O Rotary Club de Itaguaí promoveu, na quinta-feira (15), uma solenidade no Teatro Municipal de Itaguaí. O evento oficializou a doação de 61 violinos e 170 uniformes para a Orquestra Jovem do município. Contando com rotarianos dos clubes de Itaguaí, Campo Grande e Bangu, com a apresentação da Orquestra Jovem de Itaguaí (Orji) e com um bolo comemorativo.

O projeto da Orji é comandado pelo professor regente Adriano Souza, que enxerga tal solenidade como importantíssima. “A ideia é mostrar que o projeto está conseguindo equipamentos e isso é muito importante”, contou. Ele afirmou ainda que o ano de 2018 será marcado por novos planos para a orquestra. “O Projeto 2018 vai abrir dois polos da orquestra em escolas. Uma no Ciep 3000 e outra na Escola Municipal Elmo Batista, na Ilha da Madeira”, revelou. As doações realizadas pelo Rotary Club já serão encaminhadas para essas escolas, segundo o professor.

PARCERIA

O Rotary Club Itaguaí vem auxiliando a Orquestra Jovem da cidade há pouco mais de um ano. A diretora de imagem pública do Rotary, Rosemary Gonçalves explicou como começou essa parceria. “O professor Adriano apresentou esse projeto dele e pediu apoio, já que precisava de tantas coisas. O Rotary, que têm diversos projetos, abraçou essa causa para tentar agregar coisas boas”, afirmou.  Para conseguir arrecadar o máximo possível, o Rotary Club Itaguaí contou com o Rotary Club Campo Grande e Bangu como parceiros.

O presidente do Rotary Clube Itaguaí, Roberto Carlos da Fonseca, contou que está muito feliz com a parceria, que promete crescer cada vez mais. “Já são mais de 250 jovens sendo ajudados por essa iniciativa. São muitas mudanças para a vida deles, que saem da ociosidade e entram para a cultura, para a música. Quem puder apoiar a Orquestra não irá se arrepender”, confessou.

Para Rosemary, a iniciativa é crucial para a formação dos jovens alunos. “Eles se tornam outros, aprendem a ter disciplina, melhoram o comportamento. É muito mais do que o ato de aprender música, você leva muitos aprendizados para a vida” opinou emocionada.