Loading...
Jun 19, 2018 Last Updated 3:32 PM, Jun 15, 2018

Parlamento Juvenil define Mesa Diretora

Publicado em Poder
Ler 707 vezes
Avalie este item
(0 votos)

CERIMÔNIA- Com a esperança de um futuro melhor e decidido a escutar os 92 municípios que compõem o estado do Rio, o aluno do 3º ano do ensino médio do Colégio Estadual Oliveira Botelho Resende, de Resende, Allan Bergk, aos 17 anos, morador de Itatiaia, assumiu nesta segunda-feira (12), mais uma função: a presidência da "Mesa Diretora Jovem" da 11ª Edição do Parlamento Juvenil, projeto da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

"Dizer que estou preparado é egocentrismo da minha parte. O Parlamento Juvenil é um projeto que muda a gente. Ouvir as 92 cidades do Rio de Janeiro não vai ser fácil, mas eu garanto que tentarei fazer o possível para estar ao lado de todo mundo", disse Allan. Sua paixão pela política é de família. "Tenho parentes que são políticos e nas últimas eleições municipais eu pude participar mais de perto. Acredito que a verdadeira política é um ato de dialogar, debater e de mostrar", concluiu.

Dos sete jovens que compõem a mesa diretora, cinco são meninas, entre elas, a vice-presidente Mel Rocha de Melo, 15 anos, do 2º ano do Instituto de Educação Governador Roberto Silveira, de Duque de Caxias. "Eu venho de uma família de professores e sempre fui incentivada a ler muito. Quem me impulsionou mais foi a minha professora de história que me fez pensar de uma forma mais crítica sobre tudo. Comecei a ter uma voz mais ativa na escola e a me mostrar mais. Eu quero seguir a política. Para mim, estar aqui já é um grande passo, ainda mais assumindo o cargo que assumi, que é a vice-presidência", declarou. "Meu objetivo é absorver tudo e levar para Caxias o que aprendi", completou. 

SOLENIDADE

O presidente em exercício da Casa, André Ceciliano (PT), esteve presente à sessão de abertura do Parlamento Juvenil e deu as boas-vindas aos cerca de 90 jovens que estavam presentes no Plenário Barbosa Lima Sobrinho, no Palácio Tiradentes. Em seguida, passou a palavra ao coordenador do PJ, deputado Wanderson Nogueira (PSol), que presidiu a cerimônia.

"Dá para ver que este grupo é muito maduro, eles gostam de discutir e prestam atenção em tudo. Todos os grupos do Parlamento Juvenil têm essa característica de jovens muito maduros. Os sonhos, a defesa da democracia e a vontade de mudar é algo forte entre eles", disse Wanderson. "Esse ano, inclusive, eles vão poder escolher a bandeira", finalizou.

O secretário estadual de Educação, Wagner Victer, esteve presente na abertura e destacou a importância da política na vida das pessoas. "Os jovens se interessarem por política é fundamental, independente da profissão que eles escolham. A presença da política está no dia a dia. É ter sensibilidade, conhecer políticas públicas, saber como ela se insere no cotidiano de cada um. O Parlamento Juvenil é um projeto muito bacana e fico feliz da Secretaria de Educação estar participando de forma ativa", disse Victer.

A deputada Tia Ju (PRB ), o deputado federal Glauber Braga (PSol) estiveram presentes na abertura. O vereador Tarcísio Mota (PSol), a superintendente da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, Jéssica Lohan e o assistente técnico da Secretaria de Educação, Leonardo Lugão também marcaram presença.