Loading...
Sep 22, 2018 Last Updated 2:58 PM, Sep 21, 2018

Enel explica atuação em audiência com vereadores de Mangaratiba

Publicado em Poder
Ler 1068 vezes
Avalie este item
(0 votos)

SERVIÇO- Representantes da empresa Enel, responsável pela distribuição de energia que abastece o município de Mangaratiba, estiveram na câmara municipal da cidade, na quinta-feira (1), para explicar aos vereadores que providências estão sendo tomadas para sanar os constantes “apagões” que atingem a cidade, causando sérios transtornos para os moradores, situação que vem se repetindo constantemente. Representaram a Enel a responsável institucional, Cláudia Guimarães; o gerente operacional no Pólo Sul, Marcus Alex; e o executivo de relações com o governo, Luis Fernando Cunha.

A indicação da audiência pública partiu do vereador Edison Ramos (PMB), o Edinho, justificando que vem sendo constantemente procurado por populares que reclamam soluções para que os moradores não venham sofrer mais com a precariedade do serviço prestado pela empresa. “Moramos em um município que tem sofrido muito com chuvas e tempestades no verão. Mas, nosso caso, em relação à falta de operacionalidade da Enel, não precisa nem chover para que a energia acabe e fiquemos às escuras”, reclamou o vereador.

Edinho disse ainda que a falta de luz em Itacuruçá tem gerado um prejuízo irreparável. “Antes de virem para suas casas, os veranistas sempre buscam informações sobre o abastecimento de energia. Em Conceição de Jacareí não precisa chover para ficar sem luz, o que é um desespero para a população. Os moradores, inclusive, estão promovendo um abaixo-assinado para levar ao conhecimento da empresa sobre o problema que está passando. Já foram colhidas até hoje cerca de 500 assinaturas”, salientou.

Ainda segundo o vereador, na Ilha da Marambaia as pessoas passaram todos os cinco dias de Carnaval sem energia. Ele justificou que esse foi um dos motivos pelos quais enviou ofício para que a Enel atendesse ao município antes das datas festivas. “Infelizmente conseguimos esta audiência após oito meses, através do segundo ofício enviado. É importante para Mangaratiba que a empresa faça visitas técnicas em todos os distritos para atender às necessidades dos moradores. O problema da falta de luz acarreta danos ao comércio local à segurança”, afirmou Edinho.

Depois de ouvirem as ponderações dos parlamentares, os representantes da Enel informaram que as equipes da empresa não ficam baseadas, mas circulando para atenderem às demandas dos clientes. Segundo eles, os turnos são trocados no meio do caminho e os funcionários atendem com plantões de 24h. Para o vereador Edinho, o plano operacional apresentado durante a audiência é um projeto importantíssimo. Ele sugeriu, inclusive, que a iniciativa fosse levada a todos os distritos da cidade para que os moradores tomem conhecimento das ações que estão sendo feitas para melhoria do fornecimento de energia elétrica. “Minha intenção também é a criação de uma ação conjunta entre os vereadores, a Enel, Ministério Público e a prefeitura”, concluiu.

Falando em nome da Enel, Cláudia Guimarães sugeriu a criação de uma rede de lideranças, como, por exemplo, presidentes de associações de moradores, para que seja firmada uma parceria da Enel junto com os moradores de cada região, com a finalidade de contribuir com as soluções de problemas que eventualmente surgirem.