Jan 20, 2018 Last Updated 5:06 PM, Jan 19, 2018

Destaques

Light está com vagas para elet…

OPORTUNIDADE- A Light divulgou na quinta-feira (18), por meio das redes sociais...

Postos de vacinação contra a f…

FEBRE AMARELA – Aumentou o número de postos de vacinação de Seropédica que estar...

Protesto pela vacina da febre …

Moradores do bairro Vista Alegre fecharam rua da UBS pedindo vacina. A dose é of...

Governo Regional do Maule, no Chile, fará visita oficial ao Rio

Publicado em Poder
Ler 159 vezes
Avalie este item
(0 votos)

VISITANTES- Uma delegação chilena chega ao Brasil neste domingo (14) para uma visita à cidade do Rio de Janeiro. A comitiva chilena será composta por conselheiros regionais da Região do Maule e por diretores da Corporação de Desenvolvimento Regional. A delegação será liderada pelo executivo Raúl Palacios, responsável pelas Relações Internacionais da Região Maule e pelo diretor executivo da Corporation Regional Maule, Jaime Hermosilla.

Na agenda da delegação chilena está previsto um encontro com o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, ocasião em que os visitantes pretendem fortalecer os laços de fraternidade entre a cidade do Rio de Janeiro e a Região do Maule. Os chilenos pretendem também trocar experiências em setores como os de turismo, cultura e desenvolvimento urbano.

A Região do Maule, no Chile, caracteriza-se por ser um dos mais importantes produtores de frutas, exportando mais de 45% da produção nacional. É ainda líder em produção de vinhos, com a presença das mais importantes vinhas do país, com reconhecimento mundial pela qualidade de seus mostos.

O propósito dos visitantes é o de estabelecer vínculos culturais, turísticos, econômicos e esportivos, o que cria a expectativa de aumentar ainda mais a amizade fraterna entre o Chile e o Brasil.

 

Durante a presença na cidade do Rio de Janeiro, a comitiva chilena também vai participar de jornadas de trabalho com outras entidades governamentais e privadas, com o objetivo de encontrar investidores que se interessem em estabelecer negócios no país andino ou em desenvolver projetos na Região do Maule, com características públicas e privadas.