Jan 20, 2018 Last Updated 5:06 PM, Jan 19, 2018

Destaques

Light está com vagas para elet…

OPORTUNIDADE- A Light divulgou na quinta-feira (18), por meio das redes sociais...

Postos de vacinação contra a f…

FEBRE AMARELA – Aumentou o número de postos de vacinação de Seropédica que estar...

Protesto pela vacina da febre …

Moradores do bairro Vista Alegre fecharam rua da UBS pedindo vacina. A dose é of...

Marcus Alexandre destaca evolução do Vasco na Copinha

O técnico Marcus Alexandre durante a vitória por 1 a 0 sobre o Água Santa, na segunda-feira O técnico Marcus Alexandre durante a vitória por 1 a 0 sobre o Água Santa, na segunda-feira CARLOS GREGÓRIO JR/VASCO
Publicado em Esporte
Ler 145 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Treinador afirma que o Gigante da Colina fez diante do Água Santa sua melhor apresentação na tradicional competição

INVICTO- O primeiro objetivo cruzmaltino na Copa São Paulo de Futebol Júnior foi atingido na tarde da segunda-feira (81) no Estádio Distrital de Inamar, em Diadema (SP). Com gol de Hugo Borges, o Vasco da Gama levou a melhor sobre o Água Santa (SP), manteve a invencibilidade dentro do tradicional torneio e avançou para a segunda fase com a melhor campanha do Grupo 26.

Além da classificação, o que foi bastante festejado no vestiário por jogadores e membros da comissão técnica foi o desempenho na partida. A atuação diante dos donos da casa foi considerada a melhor da equipe de São Januário dentro da Copinha. Em conversa com o Site Oficial, o treinador Marcus Alexandre atribuiu o bom rendimento ao comprometimento tático dos atletas vascaínos.

“Fizemos um bom jogo. A equipe entrou ligada no primeiro tempo. Tínhamos corrigido alguns erros e sabíamos que se a equipe executasse o planejado, o Vasco faria de fato sua estreia na Copa São Paulo. Foi o que aconteceu. Fomos um time aguerrido, que marcou forte e atacou com intensidade. Chegamos várias vezes na área adversária, até mesmo por isso acredito que o placar de 1 a 0 ficou barato primeiro tempo”, disse o comandante.

Na metade da etapa final, visando preservar os jogadores importantes para a sequência da competição, o técnico vascaíno promoveu diversas mudanças no time. Com isso, o Água Santa passou a ser mais perigoso e a levar perigo para a meta defendida por Alexander. O Gigante da Colina, entretanto, se comportou bem defensivamente e conseguiu sair de campo com o resultado positivo.

“Promovemos algumas alterações no segundo tempo visando o próximo jogo, com o intuito até de poupar alguns atletas importantes. A equipe perdeu um pouco de rendimento e acabou sendo pressionada até o final. Eles fizeram uma pressão muito mais de vontade do que técnica e criaram de fato duas chances, mas elas foram defendidas pelo Alexander. O que fica como parâmetro é o desempenho do primeiro tempo, quando dominamos um adversário forte dentro de sua casa”, afirmou Marcus Alexandre. (Fonte: site oficial do clube).

 

Na próxima fase da Copa São Paulo, o Vasco da Gama enfrentará o segundo colocado do Grupo 27.