Jan 20, 2018 Last Updated 5:06 PM, Jan 19, 2018

Destaques

Light está com vagas para elet…

OPORTUNIDADE- A Light divulgou na quinta-feira (18), por meio das redes sociais...

Postos de vacinação contra a f…

FEBRE AMARELA – Aumentou o número de postos de vacinação de Seropédica que estar...

Protesto pela vacina da febre …

Moradores do bairro Vista Alegre fecharam rua da UBS pedindo vacina. A dose é of...

Rio amplia abastecimento na Baixada Fluminense

Tubos em aço para o assentamento da nova adutora de água chegam ao estado Tubos em aço para o assentamento da nova adutora de água chegam ao estado FOTO DIVULGAÇÃO
Publicado em País
Ler 340 vezes
Avalie este item
(0 votos)

ÁGUA Os tubos em aço adquiridos pela Cedae para o assentamento da nova adutora de água tratada começaram a chegar este mês. Serão 293 tubos com 12 metros de extensão e 2,5 metros de diâmetro, totalizando 3.516 metros de extensão. O material será usado na construção do Novo Guandu, em Nova Iguaçu, cujo projeto está em fase de licitação e permitirá uma produção de mais 12 mil litros de água por segundo. Foram investidos cerca de R$ 29 milhões na aquisição dos novos tubos.

A nova estação de tratamento vai dar mais segurança para todo o sistema de abastecimento da Baixada Fluminense, reforçando o fornecimento de água para a população atual e já garantindo o atendimento da demanda futura, com o crescimento dos municípios da região. O Novo Guandu contará ainda com reservatório para 53 milhões de litros de água.

A estação está inserida no maior conjunto de obras de abastecimento em execução no país: o Programa de Abastecimento de Água para a Baixada Fluminense, que tem investimento total de R$ 3,4 bilhões, oriundos de empréstimo da Cedae junto à Caixa Econômica, e a previsão é de que 2,2 milhões de pessoas sejam beneficiadas. A primeira fase do projeto já está com 56% das obras concluídas nos municípios de Duque de Caxias, São João de Meriti, Belford Roxo, Queimados, Nilópolis, Mesquita e Nova Iguaçu.

Iniciadas no segundo semestre de 2015 e com previsão de conclusão em até cinco anos, as obras do Programa de Abastecimento de Água para a Baixada Fluminense incluem assentamento de cerca de 100 km de adutora, implantação e reforma de 17 elevatórias, construção de 17 reservatórios e reforma de outros oito. Além disso, há o assentamento de 517 quilômetros de troncos de adução e de distribuição de água.