Dec 11, 2017 Last Updated 2:50 AM, Dec 11, 2017

Destaques

Jovens encabeçam caminhada pel…

O intuito do evento é dar um exemplo de que é possível reunir diversas religiões...

Nuclep mira novos contratos de…

Além de novos contratos no setor, empresa entregará equipamentos de Angra 3 até ...

Igreja em Itaguaí receberá uni…

Essa é uma oportunidade para aqueles doadores que não podem se dirigir aos ponto...

Operação integrada prende Rogério 157

Levado para a Cidade da Polícia, Rogério 157 foi preso durante uma operação na Favela do Arará Levado para a Cidade da Polícia, Rogério 157 foi preso durante uma operação na Favela do Arará FOTO TÂNIA REGO/AGÊNCIA BRASIL
Publicado em Polícia
Ler 125 vezes
Avalie este item
(0 votos)

CAPTURADO- A operação integrada das forças de segurança nas favelas da Mangueira, Arará e Tuiuti, na zona norte do Rio de Janeiro, prendeu sete pessoas na manhã de ontem (6), de acordo com a Secretária Estadual de Segurança Pública. Dentre os detidos está o traficante Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157. A operação reuniu as polícias civil e militar e contou com apoio das Forças Armadas, da Polícia Federal e da Força Nacional.

Dois menores foram apreendidos na operação. Rogério 157 disputava com o traficante Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, o controle do crime organizado na favela da Rocinha, na zona sul da cidade. Quadrilhas rivais ligadas aos dois criminosos trocaram tiros na favela em setembro, o que levou a uma ocupação integrada das forças federais e das polícias estaduais na comunidade.

A operação de ontem apreendeu um fuzil, um revólver calibre 38, uma pistola e uma espingarda calibre 12. Foram encontrados radiotransmissores, tabletes de maconha, papelotes de cocaína e crack, além de duas réplicas de fuzis.

Desde o início das ações integradas entre as esferas federal e estadual, 163 suspeitos foram presos e 12 menores apreendidos. Sete pessoas morreram em confronto com as forças de segurança, que realizaram operações em diversas favelas da Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

 

As operações fazem parte do Plano Nacional de Segurança Pública e já apreenderam 26 fuzis, uma espingarda, três revólveres, 22 granadas e grande quantidade de munição e entorpecentes.