Dec 11, 2017 Last Updated 2:50 AM, Dec 11, 2017

Destaques

Jovens encabeçam caminhada pel…

O intuito do evento é dar um exemplo de que é possível reunir diversas religiões...

Nuclep mira novos contratos de…

Além de novos contratos no setor, empresa entregará equipamentos de Angra 3 até ...

Igreja em Itaguaí receberá uni…

Essa é uma oportunidade para aqueles doadores que não podem se dirigir aos ponto...

Deputado André Ceciliano assumiu ontem a presidência da Alerj

Publicado em Poder
Ler 123 vezes
Avalie este item
(0 votos)

SUBSTITUIÇÃO- Primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), o deputado Wagner Montes (PRB), que assumiu a presidência no lugar de Jorge Picciani (PMDB), também vai deixar o cargo, pois se licenciou para cuidar de sua saúde. Por mais de uma vez, Wagner Montes já tinha se afastado dos trabalhos à frente da Alerj este ano também por causa de problemas de saúde. Esta semana ele passou mal e decidiu optar pelo licenciamento até o dia 30 de janeiro.

 

Com o afastamento de Montes, a Alerj volta a ser comandada pelo deputado André Ceciliano (PT), segundo vice-presidente. Segundo conversas de bastidores que circulam pelo Legislativo estadual, que chegou a repercutir na imprensa, desde o mês de abril era, de fato, o petista quem realmente vem tocando as sessões ordinárias, pois naquela ocasião Jorge Picciani se afastou para se submeter a um tratamento contra o câncer de bexiga. Wagner Montes, que também vai se afastar da Rede Record, onde apresenta o programa Balanço Geral, não exercia plenamente a presidência em razão de seu delicado estado de saúde.