Dec 11, 2017 Last Updated 2:50 AM, Dec 11, 2017

Destaques

Jovens encabeçam caminhada pel…

O intuito do evento é dar um exemplo de que é possível reunir diversas religiões...

Nuclep mira novos contratos de…

Além de novos contratos no setor, empresa entregará equipamentos de Angra 3 até ...

Igreja em Itaguaí receberá uni…

Essa é uma oportunidade para aqueles doadores que não podem se dirigir aos ponto...

Uma ilha cheia de problemas

Uma ilha cheia de problemas FOTO LETÍCIA SABBATINI
Publicado em Cotidiano
Ler 677 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Ilha da Madeira é alvo de contínuas reclamações de seus moradores

ABANDONO - Localizada em Itaguaí, a Ilha da Madeira já foi cenário de diversas novelas e filmes. Com sua beleza exorbitante e proximidade com a natureza, o lugar é destaque no turismo e na pesca, além de ter em seu território diversas empresas multinacionais e abrigar o complexo portuário de Itaguaí.

O Porto de Itaguaí, que existe há mais de 30 anos e já foi reformado, é considerado um dos maiores e mais modernos da América Latina. Sua importância abrange toda a Costa Verde e arredores por meio da oferta de empregos e da atração de nova empresas, estimulando o desenvolvimento da economia do município.

Porém, o que as televisões não mostram fica escancarado quando se coloca os pés no lugar: esgoto despejado na praia, má conservação das ruas, ausência de manutenção no cais, falta de iluminação pública e de limpeza adequada, além da insegurança que percorre o bairro. Os moradores cansados e preocupados denunciam constantemente a situação do local que parece ter sido esquecido.

A pedagoga aposentada Elizabeth Suzano mora há mais de 30 anos no bairro e fala com pesar sobre a realidade da Ilha da Madeira. “Nós temos aqui uma praia linda na Costa Verde, que poderiam incentivar o turismo, a pesca, que a maioria das pessoas aqui vive disso. A falta de infraestrutura também é outro problema. Porém é ao contrário, está tudo sucateado, o esgoto está a céu aberto, sujeira, rato, está tudo insalubre mesmo”, lamentou.

Essa falta de cuidado com o bairro tem afastado o turista, que é uma grande fonte de renda para moradores. Inúmeras casas com placas de “vende-se” ou “aluga-se” são encontradas facilmente, trazendo prejuízos para muitos comerciantes que investiram em seus negócios acreditando no sucesso das obras do porto, é o que relata os moradores. “É vergonhoso pra nós que moramos e trabalhamos aqui dar de cara com uma situação dessas e apresentarmos isso pro turista. A ilha da madeira é um ponto turístico, nós temos aí diversas ilhas e é isso que nós apresentamos pro turista e pras pessoas que chegam hoje na ilha da madeira”, contou o marinheiro que mora no bairro há 10 anos, Carlos Wagner.

INSEGURANÇA

 

A Ilha da Madeira, já foi referência de paz e tranquilidade, hoje é assombrada pela falta de segurança. Crimes como assaltos e furtos estão cada vez mais presentes na rotina dos moradores, que se queixam continuamente. O motorista Ricardo Reis, que mora e trabalha no bairro, relata um assalto que ocorreu na região “Foi sábado passado (11), no viaduto do porto, atravessaram um carro na pista e assaltaram o pessoal que estava passando, moradores e pessoas indo trabalhar. Isso foi 10h da manhã”, exemplifica. O marinheiro Marlon de Oliveira concorda e afirma que a segurança é prioridade, pois o risco é diário.