Nov 23, 2017 Last Updated 2:00 AM, Nov 23, 2017

Seleção Brasileira tem desempenho inédito

No último jogo das Eliminatórias mais uma vitória por 3 a 0 com festa de Neymar e Gabriel Jesus No último jogo das Eliminatórias mais uma vitória por 3 a 0 com festa de Neymar e Gabriel Jesus FOTO  LUCAS FIGUEIREDO/CBF
Publicado em Esporte
Ler 586 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Diante do Equador, o triunfo por 3 a 0 encerrou um jejum de mais 30 anos sem vencer na altitude equatoriana

LIDERANÇA ISOLADA Maior campeã e única equipe a participar de todas as edições da Copa do Mundo, a Seleção Brasileira entrou em campo, na terça-feira (10), com a vaga para a Rússia garantida. Apesar de um começo irregular nas Eliminatórias, com apenas duas vitórias e 50% de aproveitamento em seis jogos, a Canarinho ressurgiu sob o comando do técnico Tite e terminou o torneio na liderança, com 41 pontos, melhor desempenho brasileiro na história das Eliminatórias. A equipe foi também a primeira a carimbar o passaporte rumo ao mundial do ano que vem.

A estreia do treinador marcou a arrancada do time até a Copa. Diante do Equador, no dia 1º de setembro de 2016, um triunfo por 3 a 0 encerrou um jejum de mais 30 anos sem vencer na altitude equatoriana. De lá pra cá, foram mais dez vitórias, dois empates e nenhuma derrota. A classificação veio no duelo contra o Paraguai pela 14ª rodada, que terminou com o mesmo placar de 3 a 0 para o Brasil. Nesses 12 jogos, o ataque brasileiro balançou as redes 30 vezes, enquanto a defesa foi vazada em apenas três oportunidades.

A Seleção Brasileira encerra sua participação com 41 pontos em 18 partidas - 12 vitórias, cinco empates, uma derrota, 41 gols marcados e 11 gols sofridos - pontuação inédita e que entra para história da Canarinho no torneio qualificatório como a maior desde que o atual sistema de disputa foi implantado, em 1998. Até então, o recorde era de 34 pontos, número que se repetiu tanto nas Eliminatórias de 2006 quanto na de 2010.

A última e decisiva rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo Rússia 2018, terminou com mais três seleções sul-americanas garantidas no mundial: Uruguai, Argentina e Colômbia. O Peru, quinto colocado, vai jogar a repescagem contra a Nova Zelândia.