Oct 21, 2017 Last Updated 3:21 PM, Oct 20, 2017

Exposição “De Cabo Verde à Costa Verde”, em Mangaratiba  

Publicado em Cultura
Ler 230 vezes
Avalie este item
(0 votos)

 

EM CARTAZ A Fundação Mário Peixoto (FMP) abre nesta sexta-feira (6), às 19h, a exposição “De Cabo Verde à Costa Verde” da artista Sônia Camacho, que ilustra um pouco da história de Mangaratiba. As obras da artista ficam expostas na Galeria José Pancetti do Museu Municipal de Mangaratiba (MMM) até 4 de novembro.

A trajetória de Sonia Maria Tavares Camacho é acompanhada de fatos que demonstram sua ânsia de viver, transbordando arte e magia. A pintura em aquarela era algo que a fascinava desde a infância. Especializou-se em técnica em alto forno, pintura em porcelana, vidro e cerâmica, que tornaram sua arte em profusão. Aperfeiçoou-se nos cursos de desenho de Di Vicenzi e no renomado Parque Lage.

Premiada em vários salões de pintura, destacando-se nos melhores do estado do Rio, como Salão de Artes do Club Naval e na Sociedade Brasileira de Belas Artes (SBBA/RJ), participou de atividades no sitio Roberto Burle Max em uma gincana de pintura promovida pelo IPHAN; exibição do GAPAL e diversas outras atividades sempre com belíssimas obras.

Na exposição “De Cabo Verde à Costa Verde”, a artista ilustra um pouco do período histórico colonial e imperial, retratando negras africanas, solares e prédios históricos que contam um pouco da nossa história e demonstram a importância da cultura africana para a nossa região e nosso país. O Museu Municipal de Mangaratiba fica na Rua Coronel Moreira da Silva, 173, no centro de Mangaratiba e funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados das 9h às 14h. A entrada é franca.

As obras ficam expostas no MMM até 4 de novembro (FOTO DIVULGAÇÃO/FMP)