Sep 25, 2017 Last Updated 5:54 PM, Sep 22, 2017
 
 
 
 
 

ICN atinge importante marca de 10 milhões de horas sem acidente no trabalho com afastamento

DJAVALDO ENTENDE que limpeza e organização das áreas são fundamentais para evitar acidentes DJAVALDO ENTENDE que limpeza e organização das áreas são fundamentais para evitar acidentes
Publicado em Cotidiano
Ler 540 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Participação coletiva de seus Integrantes foi o fator fundamental para empresa lograr tal êxito

SEM ACIDENTE Nos dias de hoje, um dos principais indicadores de sucesso e maturidade de uma empresa diz respeito aos seus índices de acidente de trabalho. Dados levantados pela Previdência Social e pelo Ministério do Trabalho revelam a seriedade do problema, que atinge trabalhadores de várias profissões. O Brasil é a quarta nação do mundo que mais registra acidentes durante atividades laborais, atrás apenas da China, Índia e Indonésia, com cerca de 700 mil acidentes por ano.

Felizmente a ICN vem demonstrando estatísticas positivas diferentes dos dados acima, contribuindo para a melhoria dos indicadores como um todo. São 10 milhões de horas trabalhadas sem acidente com afastamento, alcançadas no último dia 30 de agosto, representando 2,5 anos sem acidente com afastamento.

Segundo o gerente de Segurança do Trabalho, Meio Ambiente e Saúde da ICN, Marcelo Montandon Marçal, a coletividade dos Integrantes em entender e cumprir às regras de segurança da empresa foi o diferencial para atingir esta importante marca, onde o colaborador aprende não só cuidar de sua integridade física, mas também de seu colega de trabalho, dentro de um processo de ajuda e proteção mútua, culminado no objetivo de permear a cultura do trabalho seguro entre os funcionários.

Outros pontos importantes abordados por Marçal tratam dos investimentos da empresa em SMS, ações e campanhas internas de comunicação constantes, treinamentos, reciclagens, bem como o engajamento da alta liderança da ICN preocupada que seus Integrantes voltem para suas casas iguais ou melhores de como vieram trabalhar.

Por fim, Marçal cita a contribuição social da ICN dentro deste processo de conscientização, uma vez que, as melhorias dos resultados de segurança do trabalho passam pelo desenvolvimento comportamental de cada Integrante, mudando sua forma de pensar e agir com relação à prevenção de acidentes não só na ICN, mas em suas casas e demais ambientes sociais.

Os Integrantes Fred Silva, Encarregado de Tubulação (há 4 meses na ICN) e Djavaldo Junior, Motorista de Veículos Pesados (há 4 anos na ICN), ambos moradores de Itaguaí, comentaram suas experiências na empresa.

Fred, frisou a importância do Diálogo Diário de Segurança, Meio Ambiente e Saúde nas áreas antes do início das atividades, onde cada encarregado reúne sua equipe para passar as orientações de segurança, saúde e meio ambiente. Segundo Fred “logo que cheguei já percebi que o conceito de segurança era muito forte na ICN. É fácil perceber como as pessoas já agem com naturalidade, respeitando todas as regras, e o mais interessante é que todos se ajudam o tempo todo, como uma grande família. Meu papel é apoiar e fortalecer essa cultura, atuando bem próximo à equipe e incentivando as boas práticas o tempo todo.”

Já para Djavaldo, a limpeza e organização das oficinas e das áreas de trabalho foram os pontos que mais chamaram sua atenção, salientando que esses fatores contribuem diretamente para que não haja acidentes.

FRED VÊ importância no Diálogo Diário de Segurança, Meio Ambiente e Saúde antes do início das atividades